Festa “Deixa as garota brincar” celebra a música das minas no Pátio de São Pedro

Imagem: Sidarta

Para marcar a inauguração do Kafuá, ponto cultural gerido pela Aqualtune Produções, no Pátio de São Pedro, a produtora gerenciada por mulheres negras realiza a primeira edição da festa “Deixa as garota brincar”. O evento é aberto ao público e acontece nesta quinta-feira, 21 de março, às 17h. 

A festa exalta a produção artística feminina e reúne as cantoras Bione e Isaar, além da DJ Boneka, que representam expoentes da música preta pernambucana. Na programação haverá ainda uma intervenção intitulada “Afoitas”, com  fotografias assinadas pela fotógrafa Fran Silva, que atua nas áreas de direção, roteiro, produção, fotografia e montagem, além de integrar o projeto Ficcionalizar, coletivo de produção audiovisual com ênfase nos estudos do cinema negro periférico. Mais detalhes sobre a programação do evento estão disponíveis no Instagram do Kafuá

Com a realização da Aqualtune, a festa anuncia a chegada de um espaço que estimula e fortalece a ocupação do Pátio de São Pedro, um território de valor histórico para a comunidade negra de Pernambuco.  “A economia criativa protagonizada por corpos e mentes negras precisa estar presente em espaços como o Pátio de São Pedro porque garante maior visibilidade, inserção e sustentabilidade para a população negra”, pontuou Lenne Ferreira, produtora da Aqualtune e gestora do Kafuá. 

O Kafuá congrega iniciativas protagonizadas por empreendedoras e empreendedores negros: Ayô Sabores, Licoteria Capibaribe e Aqualtune Produções, além de ter parcerias com projetos como o Território Periférico e o coletivo Afoitas. 

O evento de inauguração do espaço foi batizado com o nome de uma das músicas mais populares da MC Bione, que é uma das atrações da noite. Um dos mais representativos nomes da cena Rap do Nordeste, a cantora tem dois álbuns lançados – Sai da Frente e Ego – , é poeta, escritora e faz da música um lugar para reverberar a luta por igualdade para as mulheres. 

A voz inconfundível de Isaar também marca presença na 1ª edição da festa. A cantora, compositora e instrumentista pernambucana iniciou sua trajetória musical em 1995 como brincante no Maracatu Piaba de Ouro em Olinda, integrou o lendário grupo Comadre Fulozinha e possui trabalhos solos aclamados pela crítica e público. 

O set da DJ Boneka também promete incendiar a festa. Pesquisadora de música preta e produtora, a DJ é criadora e realizadora do selo “Baile da Boneka”, movimento cultural pensado para a juventude negra e LGBTQIAP+ do Recife. Em sua performance, a artista apresenta sonoridades de produções pretas e de maioria feminina passando por gêneros como Hip-hop, Rap, Trap, R&B, Ragga, Dancehall, Brega-funk, Reggae, Funk. 

Escrito por:

Afoitas Jornalismo

afoitas.contato@gmail.com

 @afoitas