Coletivo Olinda TechCultura inicia atuação com o projeto “Conexões Periféricas”

Ação de estreia e está com inscrições abertas para oficinas de DJ, Graffiti e Moda

“Conexões Periféricas” é o nome da iniciativa encabeçada pelo Coletivo Olinda TechCultura , criado com o objetivo de facilitar o acesso à Tecnologia, Cultura e Educação para os jovens das periferias de Olinda. O projeto atuará como uma plataforma inclusiva, onde os participantes terão a oportunidade não apenas de adquirir novas habilidades, mas também de se conectar com mentores e recursos que lhes permitirão acessar oportunidades e potencializar seus fazeres. Interessados/as podem se inscrever até dia 20 por meio do formulário disponível AQUI

O Coletivo é liderado pela DJ Kananda PX (PX Produtora), o artista visual Paulo Henrique (Ejaperiferi), a trancista e produtora cultural Odara (FicoOdara) e a artista visual Iara Izna, jovens moradores de áreas periféricas de Olinda e que reconhecem os desafios cotidianos em áreas socialmente vulnerabilizadas. Diante das disparidades no acesso a recursos educacionais e oportunidades, o Coletivo se propõe construir pontes e criar espaços de empoderamento para esses jovens.

DJ, articuladora social e moradora de Peixinhos, Kananda PX é uma das integrantes do coletivo

“A gente sabe que a periferia muitas vezes é marginalizada e esquecida pelo poder público. Então o coletivo oferece oportunidade de aprendizado em Tecnologia, direito à cultural e também é um espaço de expressão de criatividade e conexão dos jovens com o mundo digita. A gente acredita que através do acesso à Educação a gente pode possibilitar que esse jovens sonhem mais alto e construam seu próprio futuro”, acredita Kananda.

O evento “Conexões Periféricas” é voltado para jovens a partir de 15 anos e acontecerá nos dias 25 e 26 de Maio, das 9h às 16h, na Associação dos Moradores de Peixinhos.

Confira a programação do evento “Conexões Periféricas”:

● Oficina de DJ com Kananda PX: Permitirá aos participantes explorar o mundo da música e do entretenimento, oferecendo uma introdução ao universo do DJing e suas possibilidades criativas.

● Oficina de Graffiti com Ejaperiferi: Proporcionará aos participantes uma oportunidade única de expressão artística, incentivando a criatividade e o orgulho pelas raízes culturais das comunidades periféricas.

● Oficina de Moda com Odara: Ensinará técnicas de customização de roupas, promovendo a autoexpressão e a sustentabilidade por meio da reutilização de materiais.

Para mais informações sobre o evento e o trabalho do Coletivo Olinda TechCultura, é possível entrar em contato por meio do e-mail olindatechculturacoletivo@gmail.com

Escrito por:

Lenne Ferreira

lenneferreira.pe@gmail.com

 @lenneferreira